Escolha uma Página

No dia 25 de junho, sábado, das 9h às 12h, a Faculdade Max Planck abrirá suas portas para a comunidade indaiatubana e região, para a realização do cadastramento de doadores de medula óssea. O objetivo é realizar 300 novos cadastros. O processo é simples e realizado a partir do preenchimento de uma ficha com informações pessoais, além da coleta de amostra de 5 ml de sangue para realização do exame de HLA (Histocompatibilidade). A ficha cadastral e o resultado do exame serão encaminhados para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), onde permanecerão ativos até o doador completar 65 anos.

Os interessados em participar do cadastramento devem ter de 18 a 54 anos e 11 meses, estar em bom estado de saúde, além de trazer documento de identidade com foto e CPF. Pessoas com doenças infectocontagiosas NÃO poderão se cadastrar. Nos demais casos, não há contraindicação para o cadastro. Nesse dia também haverá o cadastro para o projeto SANGUE CIDADÃO do Rotary Club Indaiatuba e OSC GABRIEL.

Esta será mais uma campanha organizada na cidade pela OSC GABRIEL em parceria com o Hemocentro da Unicamp.

Hoje no Brasil existem mais de duas mil pessoas aguardando por um transplante de medula óssea e o assunto ainda gera muitas dúvidas e informações equivocadas.

medula_ossea

SAIBA MAIS

O que é MEDULA ÓSSEA? – É a matriz do sangue, um tecido líquido e que é encontrado na parte interna dos ossos semelhante ao popularmente conhecido “tutano” do osso de boi. Na Medula Óssea estão as células-mãe, responsáveis pela produção dos componentes do sangue: as hemácias (glóbulos vermelhos), os leucócitos (glóbulos brancos) e as plaquetas. Não devemos confundir Medula Óssea com Medula Espinhal! O local onde temos maior concentração de tecido é no osso da bacia.

Quem precisa de Medula Óssea? Pessoas que possuem doenças que comprometam a produção de sangue pela Medula, como leucemias e aplasia de Medula Óssea, além de crianças com algumas doenças genéticas. O grande problema é que a chance de se encontrar um doador na família é de apenas 25%. Por isso, mais de 70% dos pacientes em lista de espera terão que recorrer ao REDOME de não aparentados. A partir daí a chance de localizar um doador compatível começa a ser de 1 para 100 mil, podendo chegar de 1 para 1 milhão. Por isso, quanto mais pessoas estiverem cadastradas maior é a chance de localização de uma Medula compatível.

Quando houver um paciente necessitando encontrar um doador, os dados serão cruzados com o Sistema de Cadastro de Receptores de Medula Óssea (REREME). Caso o doador seja localizado, ele será chamado para confirmar sua doação e, então, é iniciado o processo de doação. Novos exames serão realizados e quando tudo estiver confirmado a doação será efetivada.

 

SERVIÇO

Quando: 25 de junho

Horário: 9 às 12h

Onde: Faculdade Max Planck – Av. Nove de Dezembro, 460 Jardim Pedroso – Indaiatuba/SP

Documentos necessários: RG e CPF

Idade: entre 18 e 55 anos incompletos

 

Mais informações: (19) 3801-2047 ou pelo site www.gabriel.org.br

 

 

Pin It on Pinterest

Share This